sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

RADIOFREQUÊNCIA NO PRÉ E PÓS OPERATÓRIO de CIRURGIA PLÁSTICA

Radiofrequência - promove aquecimento volumétrico controlado, provoca oscilação das moléculas de água e com isso estimula regeneração do colágeno, quebra de tecido adiposo e fibroso, aumento da circulação e drenagem de fluídos. 
Devolve maior firmeza a pele do corpo todo além de ser um tratamento indolor e relaxante, não é ablativo e nem invasivo permite voltar as atividades normais após a aplicação. A radiofrequência causa um efeito térmico, aumenta a circulação e trabalha o tecido cutâneo em profundidade.
No pré - operatório as aplicações funcionam como “indutores” para o corpo produzir novas fibras de colágeno de sustentação, reduzindo a flacidez da derme e fazendo com que ela se torne mais rígida e mais hidratada.
No pós - operatório ajuda na recuperação das regiões do corpo afetadas pela flacidez causada por exemplo, por uma lipoaspiração e inchaço, também na possível fibrose que pode surgir, sendo que antes só tinham solução por meio da drenagem linfática.



Um comentário: